CONTATO: valter.roberta.padulla@gmail.com

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

AMANHECER NA PONTA DO SEIXAS

AMANHECER NA PONTA DO SEIXAS


Para os nossos seguidores, esta é mais uma postagem de nossa viagem para João Pessoa-PB, em outubro de 2012, em comemoração ao aniversário da Roberta de 45 anos.

Para quem quiser recapitular nossos passeios anteriores, nesta cidade, os links para as postagens se encontram no final desta página.


PONTA DO SEIXAS

A PONTA DO SEIXAS é o ponto mais oriental do Brasil e da América Continental. 

É o único dos 4 pontos quatro pontos mais extremos do Brasil, que é também o mais extremo das Américas.




Descrição da Imagem: Mapa da rota da Av. Cabo Branco até o farol da Ponta do Seixas


O local é conhecido também como A PORTA DO SOL. Lembrando que o espetáculo do nascer do sol acontece sempre por volta das 4h30 da manhã, durante todo o ano.


O acesso é simples, cerca de 6 km da praia do Cabo Branco. Para quem gosta de caminhar, o aviso é que o trajeto possui ladeiras, mas a vista é linda. A opção de táxi  saindo do centro de João Pessoa, costuma ficar no valor de R$ 30,00.

No local, construído em cima das falésias da praia do Seixas, encontramos o FAROL DO CABO BRANCO, com seus 40 metros de altura, construído em 1972 e tem o formato triangular, na intenção de representar uma planta do sisal. (o sisal representou um dos ciclos econômicos mais duradouros e lucrativos do estado da Paraíba.

Junto ao farol, existem quiosques abertos normalmente das 08h as 17h, oferecendo produtos artesanais e também bebida e algumas poucas guloseimas.


VÍDEO DO AMANHECER NA PONTA DO SEIXAS


Clique na imagem acima para assistir ao vídeo


LINKS PARA POSTAGENS REFERENTES TAMBÉM A NOSSA VISITA A JOÃO PESSOA:

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

MINA DE OURO DA PASSAGEM



MINA DE OURO DA PASSAGEM


Nosso primeiro passeio em Mariana-MG foi na MINA DE OURO DA PASSAGEM.

Conhecermos uma mina de ouro do Século XVIII foi uma aventura indescritível, curtam o vídeo desse passeio:


VÍDEO DA VISITA A MINA DE OURO DA PASSAGEM

Clique na imagem acima para assistir ao vídeo


VALOR DA PASSAGEM R$12,00 POR PESSOA

NOSSO JANTAR EM OURO PRETO-MG

"O PASSO" Pizzaria


Chegamos em Ouro Preto-MG, no final da tarde e até nos acomodarmos em nosso local de hospedagem (Pousada dos Bandeirantes), já havia anoitecido e estávamos fome.
Tomamos um banho e saímos em busca de um local pra jantarmos.
Caminhando pela cidade, encontramos um casarão muito charmoso e indicava ser uma pizzaria chamada O PASSO.



Era um casarão restaurado do Sec VXIII e conforme explicou o recepcionista do local, o nome é referência a procissão de Nosso Senhor dos Passos, isto é, durante a Semana Santa os fiéis percorrem pontos na cidade, marcados com 12 pequenas capelas que reproduzem os 12 passos de Cristo rumo a crucificação. É uma tradição que remonta a Idade Média.

Uma dessas capelinhas fica localizada bem em frente da pizzaria O PASSO. 



VEJA A CONTINUAÇÃO DESSA NOSSA VIAGEM DE FÉRIAS NAS SEGUINTES POSTAGENS: 

1º dia de viagem: CARAGUATATUBA
2º dia de viagem: PASSEIO EM ILHABELAILHABELA
4º dia de viagem: MARIANA

domingo, 20 de janeiro de 2013

VIAGEM ATÉ OURO PRETO-MG

 3º DIA DE VIAGEM DE FÉRIAS JANEIRO

RESENDE/RJ ATÉ OURO PRETO/MG


RETROSPECTIVA DA VIAGEM ATÉ AQUI...


Para quem acompanha as nossas viagens, em janeiro de 2010 decidimos pegar estrada sem rumo certo.

No 1º dia de viagem, saímos de Mogi das Cruzes e seguimos até Caraguatatuba (veja este trecho no link 

No 2º dia de viagem, fomos até Ilhabela realizar um passeio de escuna e no final da tarde decidimos subir a Serra do Mar  rumo ao estado de Minas Gerais, mas paramos para dormir em Resende-RJ. (veja este trecho da viagem no link http://viagensfamiliamorettipadulla.blogspot.com.br/2010/12/blog-post.html ).


Paramos num motel na beira da Rodovia Presidente Dutra que nos pareceu um bom lugar para pernoitar. Foi uma boa opção, pois as acomodações eram boas, com ar condicionado, bem limpinho e a pernoite dava direito ao café-da-manhã e pelo valor de R$48,00. Tudo o que precisávamos para descansarmos e seguir viagem no dia seguinte...



3º dia de viagem RESENDE/RJ até OURO PRETO/MG


Muito bem, agora estamos no 3º dia dessa aventura e como agora temos por meta seguir para o Estado de Minas Gerais, aí vamos nós...


VÍDEO DO 3º DIA DE VIAGEM


Para assistir ao vídeo, clique na imagem acima




MAPA DA VIAGEM DO 3º DIA


Descrição de Imagem: Mapa do trecho da viagem de carro de Resende-Rj até Ouro preto-MG


A rota possui cerca de 450 km.
Saímos logo cedo de Resende-RJ, após tomarmos um delicioso café da manhã.

Descrição de Imagem: Valter e Roberta com cara de "quem acabou de acordar".

Na estrada, após cerca de 180km, passamos pela fronteira entre Rio de Janeiro / Minas Gerais, na cidade de na cidade de Comendador Levy Gasparian.

Descrição de Imagem: Portal de chegada da cidade divisa de Comendador Levy Gasparian-RJ

Viagens Familia Moretti Padulla_BOLGSPOT
Descrição de Imagem: Roberta e Valter na divisa entre os estados do RJ e MG

Rodamos mais uns 145 km e paramos para almoçar na cidade de Barbacena-MG. 
Roberta quis almoçar no Hotel Grogotó, local onde se hospedou várias vezes com sua família, na década de 80.

Foram momentos de grandes lembranças de convívio familiar que ela teve neste Hotel Escola do SENAC.

Descrição de Imagem: Roberta e ao fundo o prédio do Hotel escola Grogotó, em Barbacena-MG
Descrição de Imagem: Valter e Roberta no almoço do Hotel-Escola Senac Grogotó


Após o almoço, retornamos para a estrada e rodados mais 75 km, chegamos na cidade de Conselheiro Lafaiete-MG, onde passamos por uma placa que indicava que neste trecho estávamos entrando na ESTRADA REAL.

Descrição de Imagem: Placas indicativas da ESTRADA REAL

Rodamos cerca de 21 km na ESTRADA REAL e chegamos a Outro branco-MG.

Para quem não conhece a história desse lugar, alguns ex integrantes da bandeira  de Borba Gato se sentiram atraídos pela possibilidade de existência de ouro no local e no final do Século XVII desbravaram esta região. O bandeirante Miguel Garcia, lá encontrou ouro que tinha uma coloração esbranquiçada, ficando assim conhecido como "ouro branco".

Na beira da estrada, avistamos várias placas que indicavam sobre A CASA DE TIRADENTES e ficamos curiosos em conhecer e para lá seguimos.


Descrição de Imagem: Placa indicativa da estrada sobre a CASA DE TIRADENTES

A casa fica as margens da Estrada Real.

Descrição da Imagem: Valter e ao fundo a CASA DE TIRADENTES

No local, fomos atendidos por uma funcionária que nos contou que a casa não era do famoso alferes Tiradentes, mas de um amigo dele, que também era alferes. Ué? Como assim? Então por que chamar CASA DO TIRADENTES? 

Enfim, continuando a história contada por ela, Tiradentes frenquentava a casa para descanso de viagem e para se reunir com outros inconfidentes.

Pesquisando posteriormente a respeito, descobrimos que o local era pousa de tropas, nada apropriado e discreto para se discutir uma revolta contra a Coroa.

Também encontramos relatos sobre anotações no diário do Imperador Dom Pedro II, quando se hospedou no local, no Século XIX, durante uma viagem a Vila Rica (atualmente a cidade de Ouro Preto).

Descrição de Imagem: Valter no interior da CASA DE TIRADENTES


A casa passou por processo de restauração e se apresenta em condições razoáveis, no período de nossa visita. Claro que seira bem melhor se fosse explorada com mais adequadamente, com guias e informações corretas.

Descrição da Imagem: lateral da casa de Tiradentes em Ouro Branco-MG


Como marco histórico é imperdível, apesar de NÃO ser a CASA DE TIRADENTES...

CHEGADA EM OURO PRETO

Por fim, chegamos a cidade de Outro Preto e fomos logo procurar uma pousada para nos hospedar.


Descrição de Imagem: Roberta e ao fundo a Pousada dos Bandeirantes, em Outro Preto-MG



Descrição da Imagem: Valter em uma das ladeiras de Ouro Preto-MG


VEJA A CONTINUAÇÃO DESSA NOSSA VIAGEM DE FÉRIAS NAS SEGUINTES POSTAGENS: 

1º dia de viagem: CARAGUATATUBA
2º dia de viagem: PASSEIO EM ILHABELAILHABELA
4º dia de viagem: MARIANA

ILHABELA

ILHA BELA - SP



DADOS SOBRE ILHABELA


Ilhabela é o único município–arquipélago marinho brasileiro e está localizado no litoral norte do estado de São Paulo, micro região de Caraguatatuba. Possui uma das mais acidentadas paisagens da região costeira, com todas as características de relevo jovem.

Viagens Familia Moretti Padulla_BLOGSPOT
Descrição de Imagem: bandeira de Ilhabela. Retângulo de fundo azul escuto, com a imagem de uma coroa amarela ao centro.


Banhado pelo oceano Atlântico, o município está localizado a 135 quilômetros da capital (São Paulo) e a 140 quilômetros da divisa com o estado do Rio de Janeiro. Está situada um pouco ao sul do Trópico de Capricórnio, , que passa sobre a cidade vizinha de Ubatuba.

O Município de Ilhabela compreende: Ilha de São Sebastião, Ilhas de Búzios, Ilha da Vitória (habitadas), e mais os ilhotes: das Cabras (também habitada), Serraria (em frente a praia do mesmo nome), Castelhanos, lagoa, Figueira (na baia de Castelhanos) e das Enchovas (na baia das Enchovas).

Parte das ilhas que integram o arquipélago de Ilhabela já era habitada muito antes da chegada dos primeiros europeus ao Brasil. Pesquisas arqueológicas realizadas pelo Projeto Arqueológico de Ilhabela já identificaram no território do município 14 sítios arqueológicos pré-coloniais, ou seja, locais que foram ocupados por seres humanos antes de 1500.

Apesar de os indígenas da família lingüística tupi-guarani terem dominado, por muitos anos, o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, não existe qualquer comprovação arqueológica ou bibliográfica de que eles tenham estabelecido alguma aldeia nas ilhas do arquipélago de Ilhabela. Talvez isso explique porque esses indígenas denominavam a Ilha de São Sebastião como Maembipe, o que significa “local de resgate de prisioneiros e troca de mercadorias”. A escolha de um local neutro para a troca de prisioneiros e mercadorias é um antigo costume tribal vigente até hoje em alguns países da África, Ásia, Oriente Médio e até mesmo na Amazônia

A história colonial de Ilhabela começa quando os integrantes da primeira expedição exploradora enviada por Portugal à Terra de Santa Cruz chegaram a Maembipe em 20 de janeiro de 1502, dia consagrado, pela Igreja, a São Sebastião. Essa expedição – que rebatizou a ilha de Maembipe com o nome de São Sebastião – foi comandada por Gonçalo Coelho, era composta por três caravelas, e dela fez parte Américo Vespúcio, conhecido navegante italiano.

Vespúcio escreveu mais tarde que, se realmente existisse um paraíso na Terra, este certamente estaria muito próximo a esta região, hoje denominada Litoral Norte de São Paulo.
Por diversos motivos, essa região permaneceu completamente desabitada ao longo dos primeiros 100 anos após a passagem da expedição comandada por Gonçalo Coelho.

Somente em 1608 é que viriam a se estabelecer os primeiros colonos (sesmeiros) em ambas as margens do canal do Toque-Toque (hoje canal de São Sebastião). Foram eles Diogo de Unhate e João de Abreu, burocratas portugueses oriundos da Vila do Porto de Santos.

A Ilha de São Sebastião foi integrada ao território da Vila de São Sebastião e assim permaneceria até o início do século XIX.

Durante todo esse tempo, as águas do Litoral Norte foram intensamente procuradas por corsários e piratas europeus e argentinos. Quatro dos mais famosos aventureiros dos mares que freqüentaram o Litoral Norte foram os ingleses Thomas Cavendish, Francis Drake e Anthony Knivet, e o francês Duguay-Trouin, cujas peripécias, aventuras e desventuras correram mundo e deram origem a lendas que até hoje mexem com o imaginário de muitos aventureiros e caçadores de tesouros.

Menos famosos, mas tão terríveis quanto Cavendish e Duguay-Trouin, foram os corsários e piratas franceses, ingleses, holandeses e argentinos; sendo que estes últimos infestaram a costa brasileira durante a Guerra da Cisplatina, em ações de corso.

Para saber mais sobre a história de Ilhabela, acesse o link:


POSTAGENS DE PASSEIOS QUE REALIZADOS EM ILHABELA, ACESSE O LINK ABAIXO:

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

PARQUE SALTOS DE MARIMÁN - PUCON - CHILE

PARQUE SALTOS DE MARIMÁN


Trata-se de um parque privado, com entrada gratuita, que está localizado na cidade de Pucón, no Vale do Rio Trancura.

Descrição da Imagem: Roberta com o filho caçula Fernando, na entrada do Parque Saltos de Mariman


As belezas ficam por conta das cachoeiras e corredeiras, que são muito utilizadas para a prática do rafting, caiaque e pesca esportiva.

Descrição da Imagem: Roberta e Valter no Parque Saltos de Mariman


Um passeio muito gostoso pode ser feito pelas diversas trilhas existentes no local.

Descrição da Imagem: Valter em uma das trilhas do Parque


Local: Quilaco Km 3,5  Fone: 56(45) 09 220-268 / 09 879-4030. Aberto diariamente. Entrada gratuita. (www.mariman.cl)


VÍDEO DA VISITA AO PARQUE

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ASSISTIR AO VÍDEO